terça-feira, 13 de outubro de 2009

Hein?!?!?!?


"Deus me livre usar um negócio desses!" "Ser fashion tem os seus limites." Com certeza você já escutou algumas dessas frases. E é por isso mesmo que as coleções feitas para serem apresentadas nas passarelas tem lá, digamos, as suas esquisitices.

Uma delas pode ser traduzida no "sapato-tatu" apresentado pelo inglês Alexander McQueen, na Semana de Moda de Paris, há poucos dias. Lembra aqueles sapatinhos torturadores que as chinesas tinham que usar, né? Pois é, lembra. Mas nesses mais moderninhos, nada de maltratos. Os pés ficam em suas posições normais, em cima de um salto de 10,5 cm e com uma plataforma que faz as mulheres aumentarem 24 cm. É como se você estivesse usando um salto do tamanho de uma folha A4. Lembra coisa de traveco, né?

E, por incrível que pareça, os pobres tatuzinhos não devem levar nada de royalities. A coleção foi inspirada nas teorias de Charles Darwin, cuja obra "A origem das espécies" completa um século e meio de publicação neste ano. Quem viu, garantiu que McQueen conseguiu uma impressionante mistura de tecnologia com estamparias de peles de peixes, lagratos, cobras e até besouros.

Bizarro. Tão bizarro que a coleção não vai chegar às lojas. OH-MY-GOD! "Vamos ter uma coleção comercial inspirada nas cores e no tema. Mas o estilo será mais usável", informa a direção da grife McQueen. UFA!

* Fonte: Revista Veja

Um comentário:

Cromossomosxx disse...

Mari, achei horrivel!!! Credo!!!!

então tirei fotos do meus sapatos... kkkkk
Vou te mandar... mas é quase da mesma altura desses rsrs

Bjos!!!